Entrevista com o grupo Organização Xiita - #submundodosom

Posts

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Entrevista com o grupo Organização Xiita


O Submundo do Som trocou uma ideia com um dos importantíssimos grupos do nosso rap, o Organização Xiita, que depois de uma pausa na carreira voltou com tudo, e com uma nova formação, pra combater o racismo e fascismo que se instalou dentro do rap. O grupo também fala sobre seu novo disco "Amérikkk Escraviza África", confere aí esse bate papo com o mano sangue bom PXTXIITA: 

Submundo do Som - Salve, salve! Opre, Organização Xiita trocando uma ideia com nóis! Pra seguir o protocolo, por favor se apresenta aí pros manos que tão acompanhando esse bate papo.

Organização Xiita - Salve pessoal, aqui é o PXTXIITA!

Submundo do Som - O nome "Organização Xiita", de onde veio mano? O que inspirou o grupo?

Organização Xiita - O nome Organização Xiita veio de um mano que fazia parte da primeira formação, chamado Vulto, que hoje faz parte da religião jihad, e a ideia de colocarmos Organização Xiita na época era pela identificação das ideias radicais que tinham e que também pela independência de uma cultura, dentro do Hip Hop, e que hoje nos identificamos mais com o rap, respeitando a religião assim como todas as outras religiões.

Submundo do Som - Organização Xiita é old school né? Milianos fazendo um rap pesado, o que influência o grupo pra fazer um som, nessa caminhada de longa data?

Organização Xiita - Hoje eu não considero o O.X. como old school, pelo fato da nova formação ser composto por integrantes novos, posso dizer que eu vim daquela época, e por sermos vários integrantes, só eu sou o mais velho do grupo. E o que incentivou para voltarmos foi uma cultura que acabou sendo quase dominada por racistas virtuais, que nos deixou assustados, e com dúvidas se os remanescentes do rap não estavam mais com vontade de combater esses racistas camuflado no meio do rap.

Submundo do Som - "Numa área digital, rodeada de de racista e oportunista", Organização Xiita retorna. Mano, como é retomar o projeto, nos dias de hoje, com uma cena tão diferente do hip hop dos anos 90? E o que o grupo espera enfrentar nessa nova fase?

Organização Xiita - Como eu disse na pergunta acima, estamos se preparando para enfrentar o que sempre fizeram na década de 90 que vão fazer de tudo para nos brecar, mas já acostumamos com os idiotas que querem nos ver como concorrente, e que hoje não voltamos para concorrer e sim para se apropriar do nosso lugar, de onde não deveríamos ter saído, fazer rap nacional original com conteúdo e mensagem para elevar a autoestima da população carente e de coração nobre.

Submundo do Som - Como que os manos vêm nesse novo disco? Pelos singles lançados, vemos que o grupo está vindo pra tacar fogo no circo, com letras dedo na ferida, né?

Organização Xiita - O disco saiu físico no dia 18 de agosto, com uma repercussão boa e, graças a Deus, bem aceito nas ruas, por que é um trabalho consistente de mensagens contra os racistas, homofóbicos, políticos e também contra o genocídio que está aumentando nas nossas favelas. E estamos preparando um vídeo clip, já saíram três, um sobre as domésticas, outro contra os pipocas das redes sociais, e recentemente saiu um sobre ter autoestima, mas sem desandar no que tem a fazer.

Disco Organização Xiita

Submundo do Som - A estética da música "Xiita Vem Cobrar" é muito foda, com o golpista amarrado e de joelhos e o clã Xiita ao redor, com tacos de baseball nas mãos. Aqui duas perguntas, como veio a ideia pra esse som, e se o grupo teve algum tipo de problema colocando essa pedrada na rua?

Organização Xiita - A ideia foi do momento do Brasil tendo na cara dura um golpe, e mostrando que nossos votos não valem de nada. E pelo outro lado, percebemos que a população hoje está mais preocupada em saber quem vai morrer na novela, quem é o próximo rapper que vai tretar com outro, do que saber que o falso presidente, junto com a mídia televisiva, decide quem é o próximo presidente, ou que você pode ou não comer. E também já imaginávamos que seria uma música de curto prazo, e claro, não só a mídia televisiva, como a mídia do rap iria boicotar esse som, mas eu e meus manos já estávamos preparados para isso, afinal já fizeram isso quando criticamos as gravadoras.

Vídeo da música "Xiita Vem Cobrar"

Submundo do Som - E nesse retorno os mano, vem com tudo né? Com direito a faixa na mixtape "O Jogo Continua", do DJ Bola 8, o som "Sem Desandar". Como foi fazer esse som, e o que ele representa para o grupo nesse momento de volta? Como surgiu o convite pra participar desse trampo?

Organização Xiita - Mano essa música era pra fazer parte de um projeto chamado A.R.P.  (Advertência Rap Pesado) composto por Cezar Sotaque, Shirley Casa Verde (Cagebe) Tate, Gege, James Lino (P3), eu e o DJ Bidu (Filosofia de Rua) que por motivos de trabalhos paralelos, acabamos não dando continuidade, aí estávamos fechando o disco do Organização Xiita, quando escutamos essa música decidimos coloca-la no álbum. Num belo dia, trocando ideia com o DJ Bola 8 (Realidade Cruel) ele falou que queria uma música do O.X. para integrar a mixtap dele, então mostrei a música e ele prontamente curtiu. Essa música mostrou uma cara diferente para o O.X. e que pode mostrar o que pode ser feito dentro do rap nacional.

Vídeo Clipe de "Sem Desandar"

Submundo do Som - O Xiita vem com uma formação nova, tendo o Pixote como membro fundador. Pra você mano, como é estar com esse manos, que são sangue novo, nessa caminhada?

Organização Xiita - Vou responder o que nóis sempre conversamos no dia a dia, eu tenho muita admiração por esses manos e minas que fazem eu querer apreender mais e me atualizar mais com os flows de hoje em dia, mas sem se deixar levar pelas mentiras de rap sem conteúdo. E eles tem muito conteúdos para mostrar para o mundo. E todos nós aprendemos com o nosso irmão Peterson, que nos ensina a não desandar nas ideias e a manter a calma sobre os obstáculos que tem no dia a dia.

Submundo do Som - Organização Xiita está sempre conectado com a raiz do rap nacional, como por exemplo nos eventos do Gangsta Paradise, qual a importância da união de grupos antigos, e de resistência, numa cena do rap tão bagunçada como essa?

Organização Xiita - No primeiro Gangsta Paradise que participamos, o mano do TV Nas Ruas falou um barato muito importante pra nóis, que era ver pela primeira vez um grupo underground dentro de uma festa gangasta, e sendo respeitado pelo público. Fiquei muito feliz pela recepção dos artistas e também do público que nos receberam muito bem. E a união existe quando se trabalha de igual pra igual. Por que não dá para se ter união com quem quer subir nas suas costas, só tenho a agradecer ao Gangsta Paradise e toda a equipe que trabalha, e trabalha bem, com o evento.

Submundo do Som - Mano, pra rapaziada que tá ligado nesse bate papo, que som firmeza cês podem indicar?

Organização Xiita - Meu, acredito que todos do grupo vão concordar comigo, hoje um som que atravessa gerações, tanto  dentro  do  rap nacional,  como  internacional indico dois grupos reconhecido mundialmente, Racionais Mc’s e Wu Tang Clan.

Submundo do Som - Quais os sonhos que o Organização Xiita ainda pretende alcançar nessa jornada no Hip Hop?

Organização Xiita - Sonhos? Acredito que os sonhos só se realizam quando a cada dia tem um sonho para se sonhar.  Por que quando não se tem sonho, não tem motivos para continuar. Então o O.X. tem um sonho a se realizar? Sempre correr atrás dos sonhos, que são muitos, um deles é ver o Brasil longe dos que não somam com o país.

Submundo do Som - E que mensagem vocês deixam pros manos que acompanharam essa troca de ideia?

Organização Xiita - Queremos deixar um abraço bem forte em cada um que ler essa entrevista, os integrantes do O.X. só tem a agradecer a todos e todas que estão apoiando nóis nessa caminhada e que sem vocês não teríamos motivos para fazer música, shows ou ter causas para lutar. Agradecer a você meu mano por esse apoio, só temos a agradecer de coração. Peterson e Luciana ADV  por  acreditarem em nóis.

Submundo do Som - Pra quem quer acompanhar mais de perto o trampo do Xiita, quais são os canais de comunicação?


Organização Xiita - Estamos nas ruas, nas redes sociais, só colocar Organização Xiita que irão saber onde nos encontrar, e inscrevam-se nas nossas redes sociais.
Instagram:  @org.xiita
Facebook:  Organização Xiita
Youtube:  Organização Xiita
Também estamos nas ruas, lutando para a cultura dos CDs não morrer!

Hoje o O.X. é composto por PXTXIITA, Brado Anchieta, Preta Bea, Nonatony, DJs Erich e Zíper. Colaboradores Gege e Tate, e a produtora Atiix Music do meu irmão Peterson e minha irmã Luciana ADV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário