Entrevista com SanRapper - A Relíquia do Underground de Niterói - Submundo do Som

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 7 de dezembro de 2019

Entrevista com SanRapper - A Relíquia do Underground de Niterói


Salve! O Submundo do Som trocou uma ideia com um dos pioneiros do rap de Niterói, o primeiro da cidade a gravar um CD solo e rodar um vídeo clipe, seu nome consta também na primeira batalha de freestyle do país, membro número 1 da Zulunation na city, apadrinhado por Black Alien e já dividiu linhas com Speed e Marechal, com três álbuns na rua, Sandrigo respira o rap underground, ele é a relíquia máxima dessa cena, SanRapper, máximo respeito.

Submundo do Som - Primeira obrigado mano, por bater esse papo conosco, por favor, se apresenta pra galera, quem é o SanRapper?

SanRapperEu quem agradeço pela oportunidade de estar junto a vocês. Me chamo Sandrigo Monteiro, San vem do meu nome e Rapper vem da minha profissão. Posso dizer que SanRapper hoje é a reapresentação do OldSchool em Niterói RJ. Preocupado com as questões do resgate da Cultura HipHop. Sou representante da Unviversal Zulunation no estado do Rio de Janeiro desde 2001. Tenho 3 álbuns gravados independentes.  O primeiro álbum também é o primeiro CD solo de rap de Niterói. Minhas musicas falam do meu cotidiano pelo universo HipHop entre linhas faço protestos sociais, não promíscuo as mulheres, não pago de gângster e a única coisa que eu ostento são minhas letras onde demonstro o meu objetivo.

Submundo do Som - Você é o primeiro rapper de Niterói a gravar um álbum solo, o disco Underground de 1999, como foi conceber essa obra e como você vê esse álbum 20 anos depois?

SanRapperO primeiro CD solo de Niterói foi gravado todo na Tomba Recods, exceto a musica "Caçador de Tropa de Choque" que foi gravada na faculdade da UFF de Comunicação Social. Tem a participação do DeLeve em uma produção e também um beat do DJ Castro do coletivo Quinto Andar, S.Uno da República Dominicana, Vanessa Falabella, SpeedFreaks e Marechal na musica "Essa Parada", Rafael Dutra, Bruno Marcos produtor da Tomba Records entre outros que colaboraram para a realização do álbum. Hoje a obra é considerada uma relíquia, porém nos dias de hoje as pessoas infelizmente não estão focadas nas raízes do Rap Nacional tendo em vista que o público jovem só descobriu o que era Rap em 2010. O álbum Underground está disponível nas melhores plataformas do mundo. Quem se interessar pela cultura de uma conferida.

Ouça o álbum Underground:


Submundo do Som - Além do Underground, têm os discos Relíquia 4.0, de 2012 e o Underground Nato, de 2016, quais diferenças você aponta entre esses dois álbuns mais recentes, feitos nessa década, com o álbum feito no final dos anos 90? 

SanRapper - Os álbuns Relíquia 4.0 e o Underground Nato seguem a mesma apresentação artística underground, porém com menos participações. No Underground Nato, por exemplo, não há nenhuma participação e nesse eu gravei mais amadurecido e com mais estrutura física de aparelhos e com minha produção executiva. Ambos trazem as artes da equipe d'O Rappa e parceria com a Contraste Filmes nas partes audiovisuais. 

Ouça o álbum Relíquia 4.0:


Underground Nato é um álbum  clássico ainda não descoberto pelo público. Underground Nato foi todo produzido musicalmente pelo produtor William Bechester, africano de Guiné-Bissau, que conheci virtualmente e após o álbum lançado eu o conheci pessoalmente.

Ouça o álbum Underground Nato:


Submundo do Som - A música “Hip Hop em Várias Fases” foi a primeira de Niterói a ganhar um vídeo clipe né? Como foi rodar esse clipe e realizar esse projeto mano?

SanRapper - O vídeo clipe "Hip Hop Em Várias Fases" foi todo produzido por mim. Fiz parceria com a produtora PlusUltra e locais onde foram gravadas as cenas, dei estrutura de ajuda de custo a toda a equipe e passamos dois dias gravando em vários locais de Niterói. Assim como o videos clipes do álbum Underground Nato.


Vídeo clipe de Hip Hop em Várias Fases

Submundo do Som - Seu nome também consta na seletiva da primeira Batalha do Real né? A primeira batalha de rimas do Brasil, como é isso pra você? E como você vê as batalhas hoje dia, que se tornaram muito populares em todo o país?

SanRapperMeu nome consta na lista de participantes da primeira Batalha do Real realizada na Lapa-RJ, é uma honra fazer parte daquele momento e da vida daquelas pessoas. Era mágico. Hoje em dia rola batalhas em todo o Brasil, mas em sua maioria não representam o movimento Hip Hop com grafiteiros, b.boys e arrecadação dr alimentos e/ou brinquedos, agasalhos etc... apenas o MC representa e o DJ das rodas, em sua maioria muito assustadora, não tocam com pickups.

Submundo do Som - E como o SanRapper vê a cena underground de Niterói? Mudou muita coisa desde o começo dos anos 90? Como você analisa a evolução dos músicos da cidade?

SanRapperA cena underground hoje não condiz com as questões sociais nas quais eram pregadas em prol das comunidades carentes e a luta contra o sistema. Eu não vejo evolução. Eu vejo regressão remunerada.

Submundo do Som - Dentre as várias alcunhas que te chamam, tem “Relíquia Máxima”, afinal o SanRapper é uma lenda do rap em Niterói, o pioneiro da cena, mas carregar esse vulgo, e essa responsa de pioneiro, é de boa ou te incomoda de alguma forma? 

SanRapper - Ser reconhecido como "Relíquia do Rap em Niterói" é honroso. Cada um carrega o seu título. Sou um relíquia na ativa e isso me dá muita satisfação.

Submundo do Som - O que vem de novo? Quais as novidades que o SanRapper está preparando e que pode adiantar aqui pra nós?

SanRapper Em breve pretendo lançar mais um álbum chamado Underground4Ever ou Underground4Love ainda estou vendo a melhor forma, mas irei fazer de uma forma ou outra. Pretendo também lançar, depois do meu quarto álbum, um quinto álbum para fechar a minha carreira com cinco obras na minha caminhada.

Submundo do Som - Mano, pra quem tá a fim de conhecer um som novo, diferente, o que cê pode indicar pra nós, principalmente falando do undergound de Niterói?

SanRapper - Para quem está afim de conhecer um som novo eu indicaria meu novo álbum que em breve estará disponível!

Submundo do Som - E que mensagem você deixar pra rapaziada que acompanhou esse nosso bate papo?

SanRapper - A mensagem que eu posso passar é para quem está fazendo parte do movimento Hip Hop estude sobre o que realmente é o Hip Hop e qual o seu fundamento.

Submundo do Som - Pra quem quiser acompanhar mais de perto o trabalho do SanRapper como faz? Quais são os canais de comunicação?

SanRapper - Quem quiser escutar minhas musicas pode encontrar através das principais plataformas digitais do mundo, YouTube, Spotify, Deezer e etc, que em parceria com a produtora Pisces pude ter a oportunidade de ampliar minha visibilidade.
Agradecido irmão! Um grande salve de paz e respeito para todos que de alguma forma fortalece o movimento Hip Hop original.
Tmj Jeff

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Páginas