Resistência Sonora - Um dos Primeiros Podcasts de Hip Hop do Brasil - Submundo do Som

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 23 de março de 2020

Resistência Sonora - Um dos Primeiros Podcasts de Hip Hop do Brasil




Em 2003 o site Bocada Forte colocava no ar um dos primeiros podcasts de Hip Hop do Brasil, numa época em que esse termo ainda não era popular, o projeto era tratado como um programa de rádio on line. Gil Souza, idealizador do projeto, lembra que o BF chegou a ter uma rádio em parceria com a estação comunitária do Jardim Monte Azul, da Zona Sul de São Paulo, mas o projeto não foi adiante e a alternativa encontrada foi a transmissão on line, nesse formado de straming.

Nascia assim o programa de Resistência Sonora com músicas que vinham de todo o país, através dos famigerados CDRs que eram transpostos para os PCs e mixados com as vozes no estúdio Sala 23, com o auxílio e produção do DJ PG, na época do grupo Nucleo, e hoje junto com o Elo Da Corrente.

O Resistência Sonora tinha em sua programação o underground do rap nacional brasileiro, mas só o que não tocava em grandes rádios. No primeiro episódio rolou Inumanos, grupo formado pelo Aori e o DJ Babão, participaram com “Brutal Crew”, na sequência foi a vez do Ascendência Mista, com Venom, Munhoz, Zorack e a música “Pensamento Aguçado”. Depois as minas do La Bella Máfia, grupo formado por minas gaúchas e apresentaram uma versão da música “Peleia”, que ficou famosa na versão da banda Ultramen. O rapper Hurakán colou com a música “O que restou” e o S.A.R (Soldados Armados de Raciocínio), grupo carioca, formado pelo DJ Tamenpi e o Gutierrez, na época conhecido como Torvi, com a música “Minha Vontade Destruiu os Estados Unidos”. 

Tito, outro rapper carioca, antigo MC de apoio do Gabriel, O Pensador, com a música “Clone” com feat do Buiu da 12 (N.A.T) e do Mr. Catra. O grupo da Ilhéus, na Bahia, OQuadro, com a canção “Valor de X²”.  Rolou também S.T.A (Somos Todos Aliados), grupo da cena paulistana, com a música “Eu não” e  o hoje famoso Z’África Brasil, com a música “Milênio”, de seu primeiro álbum Conceitos de Rua, lançado em forma de coletânea na Itália e conta com participação dos rappers locais. O Resistência Sonora ainda teve o som do Sub-Agentes, o grupo da capital paulista era formado pelo Calmão e do Bruno (Ktatall),e participaram com a música “Desse Jeito Mesmo”. 

Sobre esse episódio de estreia, Gil comenta: “Ouvir esse programa é uma viagem no tempo. Destaco a diversidade da programação, com artistas do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Isso até hoje é uma característica do Bocada, valorizar artistas independente seja lá de onde eles sejam. Se o trabalho que fazem é relevante e autêntico, o espaço aqui está garantido”.

Confira na integra o primeiro episódio do Resistência Sonora, o primeiro podcast do Hip Hop brasileiro, que estreou no Bocada Forte, no dia 24 de agosto de 2003, se liga:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Páginas