6 Documentários para Entender o Hip Hop na Argentina - Submundo do Som

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 29 de abril de 2020

6 Documentários para Entender o Hip Hop na Argentina


O Submundo do Som traz um apanhando dos documentários a respeito do Hip Hop e Rap em solo argentino, produções do país vizinho que trazem um recorte da cena e nos ajudam a compreender a história e seus protagonista em um dos movimentos mais vibrantes do Hip Hop Latino, a cena na Argentina:


Rap Argentino (2018)

Rap Argentino é um documentário que busca uma fotografia sobre a cultura Hip Hop, com destaque para o rap, no país do tango, e pa isso recorre a marcos históricos go gênero na argentina, com amostras de vídeos capturados pela internet e que costurados ajudam a contar a história do rap, que apesar de não ser estilo cultural oriundo da Argentina, ou da América do Sul, aponta que o gênero é uma ferramenta de transformação social. Editado por Facundo Vello, em 2018.


Raperos Underground (2012)

Em 2012, a Tour Cerdosrap lançou o documentário Raperos Underground, afim de trazer um recorte do Hip Hop Latino, filmado nas ruas de Buenos Aires. O projeto foi dirigido por Urbamen e produzido por Maestroshao, auxiliado por Laer MC e com colaboração de MVD Causa Crew. Apesar do titulo, o filme aborda grandes nomes do rap porteño, como Fuerte Apache, Nacón Hip Hop e Actitud María Marta, mesmo tendo grande público o Hip Hop é uma cultura underground no país vizinho.


El Nucleo del Triangulo (2013)


A produtora El Triangulo Estudio produziu, em 2013, o documentário El Nucleo del Triangulo, e aborda os pilares do Hip Hop Argentino, trazendo como um dos protagonistas o rapero Marcos Miranda, também conhecido como Nucleo aka TintaSucia e mostrando como os argentinos persistiram em prol de seus sonhos na música rap. O filme foi dirigido e editado por Fernando Bau e filmado no El Triangulo Studio.



Buenos Aires Rap (2014)
 
Buenos Aires Rap é um documentário que mostra a influência do Hip Hop na Capital Federal argentina Buenos Aires e a influência de Buenos Aires para a cultura nascida no Bronx, ao posso que mostra a relação da arte com a marginalidade, as inspirações no consumismo, religião e resistência cultural, além do fascínio dos porteños pela cultura afro. O documentário emerge na cidade grande adentrando em seu submundo para mostrar essas relações. Esse doc de 2014 é dirigido por Segundo Bercetche, Diane Ghogomu e Sebastián Muñoz e produzido pela Acéfala Producciones.






El Juego (1999)
 



O documentário mais antigo dessa lista é El Juego, de 1999, idealizado pela por La Turma Producciones, com direção de Ariel Winograd e produzido por Juan Martín Data, quem assina o prefácio do livro Rap de Acá – La História del Rap em Argentino, do pesquisador Martín Alejandro Biaggini. O filme traz um olhar sobre a cena do Hip Hop argentino dos anos 90, quando praticamente nasceu o rap no país depois da abertura da Argentina com fim da ditadura, e com isso grandes nomes como Jazzy Mel, Mike Dee e Frost, os pioneiros do movimento e hoje conhecidos como La Vieja Escuela.





Hijos de Nadie: Una Película Sobre Los Adolfos Rap
 



Em 2019 La Panza Filmes lançou o documentário Hijos de Nadie: Uma Película Sobre Los Adolfos Rap, um filme que busca resgatar e contar a história da banda, conhecida como o primeiro de rap da Argentina. Los Adolfos começaram a fazer rap por experimentalismo no final dos anos 80, tinha uma formação de banda de funk, mas traziam um canto falado que era novidade no país, foram os primeiros a penetrar no rock nacional argentino e participaram da coletânea da revista 13/20, de 1991 com a música “Yo Quiero Esto”. A montagem foi feita pelo Pablo Apezteguia e Juan Pablo Menchón.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Páginas